quinta-feira, 28 de abril de 2011

Lidando com a pressa



Hoje estava lendo o livro de John Ortberg "A vida que você sempre quis" e comecei a analisar, a questão dr como a pressa influencia nossas vidas.

Lembro quando tinha 12 anos e meu pai comprou o primeiro computador para nossa casa, um 386 que demorava uns bons minutos para ligar e para usar o windows tinhamos que entrar pelo modo ms-dos, depois veio o 486, um pouco mais rapido e depois a geração de pentium.

Pela manhã de hoje, tivemos aqui no treinamento da JMM um trabalho de muita paciencia, limpando um jardim gigantesco e percebi como sou apressado ao querer terminar a limpeza o mais rapido possivel, sem ter nenhum compromisso depois.

Talvez voce esteja lendo esse post e ja esteja apressado(a) para ver o desfecho do tema, mas gostaria de lhe dizer a importancia de termos paciencia e não deixar com que essa pressa influencie a nossa vida com Deus e a relação com o nosso próximo.

Interessante como o ministério de Jesus não visava a pressa, muitas vezes nos gloriamos por correr tanto que nem almoçamos bem.

Claramente vemos na vida de Jesus a questão de não ser apressado quando em Marcos 6:31, a coisa estava muito movimentada, cheia de gente com pelo menos 5 mil pessoas e Ele chama os discipulos a um lugar deserto para descansar, pois estavam sem tempo até para comer devido a grande multidão

Será que voce é assim apressado por natureza? Quero colocar aqui alguns tipos de pressa:

1) acelera o tempo todo as atividades diárias;
2) tentar fazer sempre várias coisas ao mesmo tempo;
3) é do tipo que adquire varios livros e depois ve que nao leu nenhum e se sente culpado;
4) é superficial e acaba não tendo muitos relacionamentos profundos:
5) é incapaz de amar, pois ele demanda tempo;
6) devido a sua pressa não para pra pensar no que realmente importa e dar atenção aos que realmente necessitam em sua vida.

Como me curar da pressa? Quero lançar alguns desafios que aprendi com Ortberg para vencer esta nossa pressa latente diária:

- Tente dirigir na faixa da direita abaixo da velocidade permitida e abençoe as pessoas que te ultrpassarem;

- Faça um jejum de busina por um mes;

- Coma devagar, mastigue pelo menos 15 vezes cada garfada;

- Quando houver filas, escolha a maior e deixe uma pessoa entrar em sua frente;

- Fique um dia sem usar o relógio

Que Deus nos abençoe e nos faça pessoas mais pacientes e menos apressadas.

2 comentários:

  1. Muito bom pastor aprendi muito, consigo driblar a ansiedade, e agora vou tratar a pressa... Muito bom!

    ResponderExcluir
  2. O regime de buzina é um ótimo começo para os paulistanos aprenderem a ter mais paciência...

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário

Bendiciones